Sobre Nós

O Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA) é um grupo plural que surge da urgência da pesquisa cênica em Manaus. Iniciamos este coletivo a partir da vontade do fazer teatral e da necessidade desta arte para a capital amazonense como um centro multicultural.

Iniciando o processo de pesquisa ainda dentro da academia, enquanto estudantes do Curso de Teatro da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o grupo busca traçar uma trajetória para além deste âmbito.

Somos Iris Brasil, Karine Magalhães, Stephane Bacelar e Victor Lucas Oliver.

Stephane Bacelar

Co-fundadora

Atriz, palhaça e diretora DRT 0000227/AM. Bacharela em Teatro (2018) pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), cursa atualmente Licenciatura em Teatro na mesma universidade com previsão de conclusão 2021/2. É membra da Cacompanhia de Artes Cênicas (2017), onde atua como palhaça. Também co-fundou o Coletivo Experimental de Teatralidades – CETA (2019); Pela Fita Crepe Filmes e Artes Cênicas (2018) participo do Projeto Roda na Praça. Em 2020 ingressou na Coletiva de Palhaças (2020).

Iris Brasil

Co-fundadora

Artista, produtora cultural e jornalista na cidade de Manaus, bacharela em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e em Jornalismo pela Faculdade Martha Falcão (FMF). É co-fundadora do Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA), onde atuou no espetáculo “Mocinha” e dirigiu “O Lado de Dentro”. Como assessora de imprensa, Iris já fez trabalhos de divulgação de espetáculos para os grupos de teatro manauara. Atualmente é editora do Blog Jovens Cidadãos, da Agência de Notícias Amazônia Real, e apresentadora do Giro de Notícias do Canal Reload.

Karine Magalhães

Co-fundadora

Bacharela em teatro pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA).  Iniciou sua pesquisa com aparelhos aéreos pelo Projeto Tangará, em que se especializou no tecido acrobático. Em 2016, iniciou sua pesquisa em clown, onde desenvolveu a palhaça Meio Kilo. Com ela, esteve em cena pelos projetos “Roda na Praça” e no solo “Interditado” (2018). É co-fundadora do Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA).

Victor Lucas Oliver

Co-fundador

Graduado em Teatro (Bacharelado) pela Universidade do Estado do Amazonas e possui ênfase na pesquisa de preparação corpo-voz do artista. A sua pesquisa financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) intitula-se “Em busca de um preparo vocal para o ator através da obra de Lucia Helena Gayotto” e seu trabalho de conclusão de curso “Em busca de um preparo corpo-voz para o ator no espetáculo Fim de partida”. É co-fundador do Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA). Atualmente aplica oficinas de teatro no Paraná (2020).